(67) 3331-1655
Seg. a Sex. - 12h às 18h. Atendimento ao público: 12h às 17h

Notícias

Faça sua busca de notícias

Ir para: Todas as Notícias
Publicado em: 27/05/2019

CRMV-MS compõem Grupo de Trabalho que regulamentará a estrutura de laboratórios veterinários de análises clínicas

"Precisamos regulamentar a atividade dos laboratórios veterinários", disse Leizinara G. Lopes

O Conselho Regional de Medicina Veterinária de Mato Grosso do Sul (CRMV-MS) fará parte do Grupo de Trabalho (GT) que tem por objeto apresentar proposta de normativa que regulamente a estrutura de laboratórios veterinários de análises clínicas e congêneres, conforme disposto na Portaria nº 44, de 23 de abril de 2019.


O CRMV-MS estará representado pela conselheira e médica veterinária, Leizinara Gonçalves Lopes. Segundo Leizinara falta a regulamentação para que os laboratórios veterinários possam exercer sua atividade de forma padronizada que garanta principalmente atendimento adequado aos pets.
“Precisamos regulamentar a atividade dos laboratórios veterinários. Da mesma forma que acontece com a Resolução nº 1015, de 9 de novembro de 2012 que conceitua e estabelece condições para o funcionamento de estabelecimentos médico veterinários de atendimento a pequenos animais”, pontuou.


Além do CRVM-MS, também compõem o GT: Daniel de Araújo Viana CRMV-CE, Daniel Pimentel Ribeiro Bressiane CRMV-ES. 


O Grupo de Trabalho (GT) que tem por objeto:
I – Analisar as normas sanitárias e ambientais que tenham impacto sobre a atividade de laboratório.
II – Analisar as normas emitidas pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento para credenciamento de laboratório veterinário ou demais normas que tenham impacto na atividade.
III – Desenvolver minuta de normativa que estabeleça critérios para o funcionamento de laboratórios de análises clínicas veterinárias e congêneres.

A Presidência do GT competirá ao médico veterinário, Daniel de Araújo Viana, sendo que o primeiro encontro está marcado para o início de junho, nos dias 06 e 07. 

Ainda de acordo com a Portaria nº 44 o GT deve concluir seus trabalhos até o dia 30 de agosto deste ano.