(67) 3331-1655
Seg. a Sex. - 12h às 18h. Atendimento ao público: 12h às 17h

Notícias

Faça sua busca de notícias

Ir para: Todas as Notícias
Publicado em: 15/05/2018

Reunião discute implementação do Plano Nacional de Erradicação da Febre Aftosa em Mato Grosso do Sul

Jaime Verruck, secretário Semagro; Plínio Leite Lopes, auditor fiscal federal agropecuário; e Celso de Souza Martins, superintendente SFA/MS

O presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária de Mato Grosso do Sul (CRMV/MS), João Vieira de Almeida Neto, esteve reunido na tarde de ontem (14), a convite da Superintendência Federal de Agricultura de MS (SFA/MS), com o auditor fiscal federal agropecuário e coordenador da Secretaria de Defesa Agropecuária - SDA/MAPA, Plinio Leite Lopes, o Secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, o Superintendente Federal da SFA/MS, Celso de Souza Martins, e demais representantes do setor agropecuário.

A reunião, realizada na sede da SFA/MS, discutiu ajustes na implementação em MS do Plano Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa, que pretende, em 2023, a retirada da vacinação em todo o Brasil.

Foi discutido, ainda, a situação dos animais nas fronteiras do Estado, a disponibilidade de antígenos para exames de mormo, implantação de laboratórios que realizam exame ELISA, implementação de um fundo estadual destinado à defesa sanitária animal.

João Vieira destacou a necessidade de ampliação no debate à febre aftosa, “o tema defesa sanitária não é debatido conforme sua importância e impacto na economia do Estado e País”. A participação do Conselho na capacitação dos profissionais do setor privado foi citada como um complemento às medidas do Plano. “Uma notificação de um profissional ao Serviço Veterinário Oficial ajuda muito no combate às doenças”, complementou Lopes.

Estiveram presentes, também, representantes da Associação Sul-Mato-Grossense dos Produtores de Novilho Precoce, Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vetegal (Iagro) e Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul).

Fonte: Ascom/CRMV-MS