(67) 3331-1655
Seg. a Sex. - 12h às 18h. Atendimento ao público: 12h às 17h

Notícias

Faça sua busca de notícias

Ir para: Todas as Notícias
Publicado em: 15/05/2019

Em alusão ao Dia Nacional da Zootecnia, CRMV-MS homenageia zootecnistas de Mato Grosso do Sul

Mês do Zootecnista

Na noite desta segunda-feira, 13 de maio, dia em que se comemora o Dia Nacional do Zootecnista, o Conselho Regional de Medicina Veterinária de Mato Grosso do Sul (CRMV-MS) realizou solenidade em homenagem aos zootecnistas de Mato Grosso do Sul que atuam em instituições acadêmicas do Estado. A solenidade também homenageou os primeiros zootecnistas inscritos no conselho. 


O dia 13 de maio foi escolhido como data para celebrar o Dia Nacional da Zootecnia, pois aconteceu nesse dia a aula inaugural do primeiro curso de Zootecnia do Brasil, criado em 1966 pela Pontifícia Universidade de Católica na cidade de Uruguaiana (RS). Após 53 anos da criação do curso, a profissão evoluiu e conquista cada vez mais espaço no mercado e na sociedade brasileira. 


Para o presidente do CRMV-MS, Rodrigo Piva, a zootecnia tem papel fundamental e estratégico no agronegócio nacional. “Sabemos da importância da zootecnia em nosso país, que tem vocação do agronegócio. Como conselho, temos o compromisso de potencializar e demonstrar para sociedade o papel do zootecnista. Ainda há muito a ser feito, mas o conselho tem o compromisso de estar sempre aberto à discussão e de lutar para garantir a valorização dos profissionais da zootecnia e medicina veterinária.”


O futuro da profissão também foi abordado pelo conselheiro Rodrigo Gonçalves Mateus. “A zootecnia se fortalece quando nós profissionais somos levados ao extremo do conhecimento para buscar respostas a interrogações da produção sustentável. Hoje, ao ler o inciso IV do Art. 13 do novo Código de Ética do Zootecnista que cita a necessidade do aprimoramento contínuo dos seus conhecimentos e a utilização do melhor do progresso científico em benefício dos animais, do homem e meio ambiente, posso afirmar que estamos no caminho da vitória.” 


Assim como Rodrigo Piva, a conselheira do CRMV-MS, Milena Wolff Ferreira, destacou a relevância da atuação do zootecnista no agronegócio. Milena também ressaltou o crescimento do número de mulheres na profissão, tradicionalmente masculina. “É uma grande satisfação ver o conselho promover esta homenagem, e é uma honra representar as mulheres zootecnistas neste momento. Hoje, os homens já dividem o campo conosco, as cadeiras das universidades, as mulheres hoje são força de trabalho especializado com excelência.”


A importância da presença feminina na área também foi abordada pela pró-reitora da UCDB, Rubia Renata Marques, que representou reitor da universidade, Pe. Ricardo Carlos. “Acho importante a postura feminina em profissões tradicionalmente ocupadas por homens e ficamos honrados em sediar este evento que presta esta bela homenagem aos zootecnistas.”


Ao encerrar a solenidade, com discurso que emocionou a todos, o mestre Ivo Arcângelo Vendrúsculo Busato, primeiro zootecnista inscrito no CRMV-MS, relembrou sua trajetória profissional que se confunde com a história da profissão. O mestre é aluno da primeira turma de zootecnia do Brasil. “O curso em Uruguaiana foi o primeiro da América Latina. Lembro que a aula inaugural foi ministrada pelo Luis Fernando Cirne Lima, ministro da agricultura na época e por Otávio Domingues, criador do curso. Fico emocionado e grato aos meus pais, pequenos agricultores, que me deram a chance de estudar, aos produtores rurais com quem trabalhei, e aos meus alunos. Leciono há 30 anos e falo pros meus alunos da importância do trabalho sério, do respeito ao homem, aos animais, da pesquisa, e peço a eles que sempre estimulem produtores a fazerem mais.”


Além de Ivo, o CRMV-MS também homenageou Ivan Pedro de Medeiros Sobrinho, inscrito nº 15, e Gilmarez Leal, inscrito n. 37. Gilmarez se emocionou com homenagem. “Me inscrevi em 1985. Esta noite foi para mim como um filme. Relembrei o início da minha carreira quando comecei trabalhando em extensão fazendo as primeiras orientações sobre confinamento e utilização de ureia na alimentação animal. Olhando hoje, vejo a evolução da profissão e isso me deixa orgulhoso. Pra mim, a zootecnia é o celeiro do mundo, é na zootecnia que se desenvolve a alimentação, nós temos muito a agregar com nosso conhecimento.” Ivan não pode comparecer por motivos de saúde, por isso a homenagem foi entregue em sua residência. 

Confira a lista dos homenageados:
Doutora Camila Celeste Brandão Ferreira Itavo – Vice-Reitora da UFMS
Pós-Doutor Charles Kiefer – UFMS
Gilmarez Leal – Inscrição n. 37
Doutor Gumercindo Loriano Franco – UFMS
Doutor Henrique Jorge Fernandes – UEMS
Ivan Pedro de Medeiros Sobrinho – Inscrição n. 15
Mestre Ivo Arcângelo Vendrúsculo Busato – Inscrição n. 01
Doutora Milena Wolff Ferreira – Conselheira CRMV-MS / UCDB
Doutora Monalissa de Melo Stradioto - UCDB
Doutora Natalia Heimbach – UCDB
Pós-Doutor Rafael Henrique de Tonissi e Buschinelli de Goes - UFGD
Pós-Doutor Rodrigo Garofallo Garcia – UFGD 
Doutor Rodrigo Gonçalves Mateus – Conselheiro CRMV-MS/UCDB
Doutor Ricardo Carneiro Brumatti - UFMS
Doutor Ruy Alberto Caetano Correa Filho – UFMS
Doutora Tatiana da Costa Moreno Gama – UCDB

Autoridades presentes no evento: 
Gisele Bandeira – Conselheira CRMV-MS;
Hélio Rezende – Conselheiro CRMV-MS; 
Jober Prado Guimarães - Superintendente de Fomento ao Agronegócio de Campo Grande (Sedesc); 
Luis Carlos Vinhas Itavo - Zootecnista e professor doutor da UFMS; 
Melquiades da Silva Pinto – Gerente do Serviço de Inspeção Municipal (Sedesc);
Paula Helena Santa Rita – Gestora do Biotério da UCDB e Conselheira CRMV-MS.