(67) 3331-1655
Seg. a Sex. - 12h às 18h. Atendimento ao público: 12h às 17h

Notícias

Faça sua busca de notícias

Ir para: Todas as Notícias
Publicado em: 01/11/2019

CRMV-MS alerta para Falso Médico-Veterinário em Campo Grande

Carteira Profissional Falsificada foi entregue a Polícia Federal

A Carteira Profissional Falsificada foi entregue a Polícia Federal para as devidas providências

O Conselho Regional de Medicina Veterinária de Mato Grosso do Sul (CRMV-MS) encaminhou a Polícia Federal uma Carteira de Identidade Profissional de um falso médico-veterinário, o documento é uma falsificação malfeita do verdadeiro, porém é necessário alertar a toda a população sobre a possível atuação de falsários no Mercado Pet de Campo Grande.

Segundo informações do presidente do CRMV-MS, Rodrigo Piva o documento foi enviado pelos Correios em um envelope tipo carta da própria empresa, porém sem remetente. Ao ser aberta a correspondência havia a carteira falsa sem nenhum tipo de explicação.

“Diante dessa fraude, tomamos como providencia o encaminhamento tanto da carteira profissional falsa, bem como o envelope para que a Polícia Federal possa tomar as devidas providências para salvaguardar a sociedade de um possível veterinário charlatão”, pontuou Rodrigo Piva.

Foi verificada a falsificação primeiramente pela cor do documento, aí a sequência de erros é gritante, como por exemplo o número do CRMV/MS que está na casa dos quatro dígitos e do falsário ultrapassa os 640 mil. Outro número que está errado é o sequencial que é fornecido pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária, que não segue a ordem vigente no Conselho de MS.

Por fim, a assinatura do presidente na Carteira Profissional é do ex-presidente do CRMV de Minas Gerais, Dr Marcílio Magalhães Vaz de Oliveira, que esteve a frente da instituição Mineira de 2000 a 2006, e o documento foi emitido em 2014.

Portanto, o CRMV-MS alerta que toda a população deve estar atenta ao profissional que atende seus pets para não os entregar nas mãos de qualquer charlatão que se passa por médico-veterinário e que pode colocar a vida do animal em risco.

Para tanto, basta averiguar se realmente o profissional em questão é um médico-veterinário, consultando  através do SISCAD, que é o sistema de cadastro do Conselho Federal de Medicina Veterinária e de todos os Conselhos Regionais, por meio do link: http://siscad.cfmv.gov.br/consulta. A consulta pode ser feita pelo nome do profissional ou ainda pelo número do CRMV/MS.

“Se houver alguma suspeita de fraude, ou mesmo denúncia sobre procedimento arbitrário em  seu pet,  basta denunciar pelo site do Conselho, no link de denúncia: http://www.crmvms.org.br/denuncia.

“Assim, poderemos apurar os fatos e o denunciante, que pode ser anônimo, pode acompanhar o andamento do mesmo. Nós do CRMV-MS temos como prerrogativa garantir atendimento profissional de excelência para nossa sociedade, bem como responsabilizar os maus e falsos profissionais. Sobre esse charlatão em questão, esperamos que a PF tome as medidas cabíveis para puni-lo”, finalizou Rodrigo Piva.

 

Ascom CRMV-MS