(67) 3331-1655
Seg. a Sex. - 12h às 18h. Atendimento ao público: 12h às 17h

Notícias

Faça sua busca de notícias

Ir para: Todas as Notícias
Publicado em: 11/03/2019

CRMV-MS adequa Quadro de Empregos em Comissão e as Funções de Confiança

Compromisso de trabalhar em prol da valorização dos médicos veterinários e zootecnistas

A Resolução nº 83, de 8/02/2019 que dispõe sobre os empregos em comissão e as funções de confiança no âmbito do Conselho Regional de Medicina Veterinária de Mato Grosso do Sul (CRMV/MS) adequa o quadro de empregos comissionados e cargos de confiança com a Resolução nº 1204, de 25/01/2018 do Conselho federal de Medicina Veterinária (CFMV).

A Resolução nº 1204 dispõe sobre os empregos em comissão e as funções de confiança no âmbito do Sistema CFMV/CRMVs e dá outras providências. Só para se fazer um comparativo, de acordo com o artigo 6° há a possibilidade, no âmbito do Conselho Federal de Medicina Veterinária, os seguintes empregos em comissão: I – 8 (oito) Assessores da Presidência; II – 10 (dez) Assessores Administrativos; e III - 1 (um) Assessor Jurídico.

Sendo que a remuneração A remuneração para os empregos comissionados do CFMV será de até R$ 16 mil reais, conforme disposto no parágrafo único.

Já a Resolução nº 83 criou, de acordo com o artigo 4º, no âmbito do CRMV-MS, os seguintes empregos em comissão:  I - 4 (quatro) Assessores da Presidência; II - 2 (dois) Assessores na área de Comunicação; III - 1 (um) Assessor na área Jurídica; IV - 1 (um) Superintendente para área Administrativa e Financeira; V - 2 (dois) Assessores para a área Administrativa.

No entanto, a remuneração não pode ultrapassar o valor de R$ 10 mil. Outro diferencial é que há um percentual mínimo que estabelece que 50% dos empregos em comissão deverá ser preenchido por empregados efetivos, ficando a outra metade para livre escolha do presidente.

“Esse 50% de cargos serão ocupados por empregados efetivos, ou seja, pessoal concursado, que já está no quadro de funcionários do CRMV-MS. Mesmo com a criação destes cargos, desde que assumimos o Conselho, nomeamos apenas um cargo de confiança”, esclareceu o presidente Rodrigo Piva.

Piva lamentou que alguns colega ainda estejam em clima de disputa eleitoral e reforça que está apenas adequando à realidade do CRMV-MS. “É triste ver que o Fake News, que foi praticado na eleição continua sendo propagado por alguns colegas. No intuito de denigrir a atual administração. Fomos eleitos, justamente, por cobrarmos ética e transparência. Estamos à frente do CRMV-MS, há menos de dois meses e nosso compromisso está de pé com toda a classe de médicos veterinários e zootecnistas. Somos uma gestão diferente, comprometida com a lisura no trato da coisa pública”, finalizou.